Postado em 30/08/2012
PRECATÓRIOS - Sinte define forma de pagamento de professores
No dia 5 de setembro, o Governo do Estado vai disponibilizar R$ 8 milhões para o pagamento da primeira parcela do precatório dos professores. Pelo acordo os trabalhadores que tiverem até R$ 15 mil para receber, terão o dinheiro de uma vez só nesta data.

No dia 5 de setembro, o Governo do Estado vai disponibilizar R$ 8 milhões para o pagamento da primeira parcela do precatório dos professores. A gestão do pagamento será feita pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Piauí (Sinte-PI). Pelo acordo do Sinte com o Governo do Estado, mediado pelo Tribunal de Justiça, os trabalhadores que tiverem até R$ 15 mil para receber, terão o dinheiro de uma vez só nesta data.

São 1.700 servidores que se enquadram nesta condição. Os professores que se sentiram prejudicados ameaçam entrar com ação judicial para barrar o pagamento, alegando que os critérios não foram aprovados em assembleia geral. Segundo o professor Landim Neto, do Grupo Dever de Classe, não há critérios estabelecidos para a divisão, a não ser os determinados por lei, que levam em consideração a idade e o estado de saúde do beneficiário. “Vamos impetrar um Mandado de Segurança, porque todos têm o mesmo direito”, enfatizou Landim Neto, reclamando que a maioria vai ficar numa lista de espera de doze anos.

Segundo a assessoria do Sinte-PI, o acordo foi feito entre o Sinte e o Governo do Estado, mediado pelo Tribunal de Justiça. O acordo previa o pagamento dos servidores que receberiam até R$ 15 mil e os abarcados pela lei, pela idade e estado de saúde. Segundo o Sinte, a partir de outubro o Governo deposita R$ 1 milhão até o fim do ano. Até o final de 2013, o valor é aumentado para R$ 1,5 milhão; depois de setembro de 2013 serão R$ 2 milhões, até encerrar o pagamento. O dinheiro será depositado diretamente nas contas dos servidores, assegurou o sindicato.

O acordo entre Governo e Sinte-PI foi fechado na última quarta-feira para o pagamento de precatórios no valor de R$ 361.065.627,11. O setor de Precatórios do Tribunal de Justiça do Piauí informou que esta foi a maior conciliação de precatórios da história do Tribunal em 120 anos. Os valores são resultantes de uma ação que tramita desde 1993 e beneficia mais de 11.400 credores.

 

Edição: redacao@24horaspiaui.com.br.
Deixe seu comentário
Outras Notícias ››
INVESTIMENTOS - Ministro garante expansão da anergia no Piauí
Secretaria de Saúde faz auditoria em hospitais que não funcionam
Renan marca votação do Indexador das Dívidas para terça-feira dia 31; Petistas ainda torçem que reunião com Joaquim Levy mude tendência
Governadores nordestinos só ganharão mais se conseguirem ajudar a aprovar o Ajuste Fiscal
Governadores do Nordeste definem apoio à Dilma e apresentam pauta administrativa e política
Júlio César é aclamado novo coordenador do colegiado nordestino na Câmara dos Deputados
Piauí terá que pagar R$ 21 milhões por mês para quitar precatórios até 2020
JUDICIÁRIO - Teresina realiza encontro Encontro de Corregedores
Ministro interino da Educação assegura renovação de todos os contratos do Fies
Criança Esperança seleciona projeto de geração de renda de Água Branca
Untitled Document
Portal 24 Horas Piauí © 2015 Todos os direitos reservados
Redação: (86) 9952-5889 / 9505-5251
redacao@24horaspiaui.com.br